COMPRE AGORA

sexta-feira, dezembro 04, 2015

Fórmula 1: Renault anuncia retorno à categoria como construtor em 2016



• Carlos Ghosn anuncia decisão sobre retorno da Renault à Fórmula 1 como escuderia a partir de 2016
• Com 12 títulos de construtores, a Renault é um dos players mais emblemáticos da história da Fórmula 1 há quase 40 anos, tendo participado ativamente para a evolução da categoria.


Em setembro, a Renault comunicou que uma Carta de Intenções havia sido assinada com a Lotus. Paralelamente, as equipes da Renault mantiveram um trabalho de análise das condições de retorno da marca à Fórmula 1. Todas as atenções se voltaram à capacidade de a empresa participar do campeonato de forma bem-sucedida, bem como às condições econômicas deste retorno como escuderia a partir de 2016.

“A Renault tinha duas opções: voltar 100% ou abandonar completamente a categoria. Após uma análise detalhada, tomei minha decisão: a Renault estará presente na Fórmula 1 a partir de 2016. Os últimos elementos obtidos por parte dos principais players da F1 permitem que nos projetemos com confiança neste novo desafio. Temos a ambição de vencer, mesmo que isso leve um tempo razoável”, afirmou Carlos Ghosn, Presidente e CEO.

Tornando-se novamente uma escuderia independente, a Renault poderá tirar total proveito de suas conquistas. Posicionar-se como fornecedora de motores foi uma estratégia sensata, mas mostrou ter suas limitações. O retorno sobre a imagem e o investimento exigido com a entrada de uma nova regulamentação de motores se mostrou insuficiente.

Foi conduzido um trabalho para colocar em prática o acordo para a aquisição da Equipe Lotus de F1 dentro do melhor prazo. Os principais contratos foram assinados em 3 de dezembro de 2015. A Lotus se apresentou como a melhor escuderia parceira. Renault e Lotus F1 se conhecem há 15 anos e, juntas, foram campeãs do mundo em 2005 e 2006.

Fonte: Renault

Nenhum comentário:

VÍDEOS

Loading...