COMPRE AGORA

domingo, junho 03, 2012

Copa Fiat: Cacá Bueno começa na frente a luta pelo tri


Bicampeão quebra recorde da pole em Londrina; sorteio de Uno Vivace é atração no domingo

LONDRINA - O sinal não poderia ser mais claro. Ao estabelecer a pole da prova de abertura da rodada dupla inaugural da Copa Fiat, o carioca Cacá Bueno (GT/Itaú) mostrou neste sábado no Autódromo Internacional Ayrton Senna que está disposto a conquistar o tricampeonato da série de turismo do Racing Festival. O tempo registrado por Cacá é o novo recorde da pole no norte paranaense e ficou a dois milésimos da marca absoluta cravada nos treinos livres por André Bragantini, que fechará a primeira fila e lidera a trinca da Pater Racing completada por Marcos Gomes e Giuliano Losacco.

Como não existe campeão sem estrela, a de Cacá brilhou com a intensidade habitual. Exceção no calendário, a tomada classificatória única apresentou a divisão dos carros em grupos de quatro. A sorte que sobrou para Cacá faltou a Bragantini e Gomes, que foram obrigados a abortar a primeira das duas voltas rápidas a que cada piloto tinha direito por causa da bandeira vermelha agitada depois que Allam Khodair (Sinal/Greco) rodou e ficou em posição perigosa na brita da curva 2. Com o pico de performance dos pneus comprometido, Bragantini e Gomes perderam a chance de brigar pela pole.

Cacá comemorou discretamente o resultado e, como prêmio adicional, ganhou dois beijos da mulher Talita. Como que acostumado a andar na frente, cumprimentou os membros da equipe com tranquilidade e voltou aos boxes na companhia do irmão Popó, 7º colocado no grid. Mesmo com um tempo já confortável, Cacá havia usado a segunda chance e fechou o cronômetro com a segunda melhor volta. "Eu estava sem o rádio, por isso continuei acelerando. Além do mais, ainda faltavam alguns pilotos fortes para entrar na pista, como o Giuliano Losacco", explicou.

O desempenho ao longo do fim de semana - já fora o mais rápido nos ensaios extras da véspera - sugere uma boa dose de favoritismo que Cacá aceita com alguma relutância. "Estamos melhores com pneus usados do que com os novos. Na verdade, eu achava que o Andrezinho viria mais forte", observou. "Estou confiante para a corrida", resumiu.

Nos boxes da Pater Racing, o excelente desempenho coletivo compensou a ponta de decepção pelo infortúnio de Bragantini e Gomes. "Não diria que faria a pole, mas certamente a disputa seria mais equilibrada", comentou Bragantini, o piloto mais veloz da categoria até agora em Londrina. Gomes sofreu com um problema adicional: "Meu carro estava falhando desde que entrei na pista", disse. O quinto lugar de Fábio Carreira, companheiro de Khodair na Sinal/Greco, foi outro destaque, já que o piloto chegou a perder um treino inteiro na véspera por causa da troca do motor.

A primeira bateria será disputada a partir das 10h35 e será cumprida na distância de 25 minutos mais uma volta. A segunda, com grid invertido em relação à ordem de chegada dos oito primeiros, começará às 13h20 e terá a mesma duração. A partir do meio-dia, o SporTv 3 transmitirá o compacto da primeira corrida e a íntegra da segunda ao vivo. A RedeTv entrará direto de Londrina às 13 horas. Outra grande atração local é o sorteio de uno Uno Vivace para os torcedores.

O resultado do treino classificatório em Londrina:

1- Cacá Bueno, 1:24.982
2- André Bragantini, 1:25.287
3- Marcos Gomes, 1:25.399
4- Giuliano Losacco, 1:25.493
5- Fábio Carreira, 1:25.602
6- Christian Fittipaldi, 1:25.605
7- Popó Bueno, 1:26.070
8- Wellington Justino, 1:26.146
9- Clemente Faria Jr., 1:26.194
10- Mauri Zaccarelli, 1:26.794
11- Leonardo Nienkotter, 1:27.033
12- Luir Miranda, 1:27.191
13- Edson do Valle, 1:27.457
14- Ulisses Silva, 1:27.593
15- Cesinha Bonilha, 1:28.024
16- Fernando Nienkotter, 1:28.051
17- Rogério Castro, 1:28.512
18- José Vitte, 1:30.444
19- Allam Khodair, sem tempo

Fonte:
Márcio Fonseca (MTb 14.457)

Nenhum comentário:

VÍDEOS

Loading...