COMPRE AGORA

segunda-feira, novembro 25, 2013

F1 GP Petrobras do Brasil: Vettel absoluto em Interlagos


Uma ultrapassagem seca e indefensável sobre Nico Rosberg. Dessa forma, o tetracampeão Nico Rosberg assumiu a ponta da corrida de Interlagos, no final da primeira volta, e não deu mais chances aos adversários. Foi a nona vitória consecutiva, a 13º do ano e a 39º da carreira. A Red Bull garantiu uma nova dobradinha, com Mark Webber chegando em 2º. Felipe Massa fez boa corrida, mas, punido com um drive through, acabou em 7º na sua despedida da Ferrari.  Um público de 66.823 assistiu à etapa final do Mundial de 2013 quando os motores V8 roncaram pela última vez em Interlagos.

Vettel largou na pole position mas foi surpreendido por uma manobra rápida de Nico Rosberg, que saiu ao seu lado, e ganhou a ponta. Fernando Alonso vacilou e perdeu o terceiro lugar para Webber. Vettel, entretanto, ficou à espreita do melhor momento para dar o bote. Quando decidiu tomar o primeiro lugar, Nico nem reagiu.

Felipe Massa, punido porque passou com as quatro rodas sobre a linha branca na entrada dos box, lamentou a perda de posições que o impediram de lutar por uma classificação melhor. Ele estava em quarto e poderia ter cruzado a linha nessa posição. Depois da punição, ele ainda fez ultrapassagens e concluiu a corrida em 7º. A partir de agora, Felipe Massa é piloto oficial da equipe Williams. Lewis Hamilton teve um pneu furado e uma punição que acabaram com suas chances. Jenson Button, ex-campeão mundial, correu sem se arriscar e acabou em 4º com a McLaren.

A partir de janeiro, as equipes começam a apresentar seus carros e pilotos para 2014. Os motores serão turbo V6 e isso implicará em grandes mudanças no chassi. Há quem afirme que esta poderá ser a maior revolução na história da categoria.

A Prefeitura Municipal de São Paulo, responsável pelo autódromo de Interlagos, esteve representada pelo prefeito Fernando Haddad e a vice Nádia Campeão. Haddad passeou pelo paddock, conversou com o presidente da Formula One Management, Bernie Ecclestone, observou os box e assistiu à corrida desde a tribuna da Prefeitura. Nádia foi responsável pela entrega do troféu ao vencedor da prova, Sebastian Vettel, cabendo ao diretor da Petrobras, Alcides Santoro, o troféu à equipe da Red Bull, vencedora da prova. Ricardo Leyser, secretário nacional de Esporte de Alto Rendimento, representando o Ministério do Esporte, entregou o troféu a Mark Webber, segundo colocado. E o presidente da Confederação Brasileira de Automobilismo, Clayton Pinteiro, homenageou Fernando Alonso, o terceiro colocado da corrida.

O adeus de Mark Webber, que decidiu abandonar a F1, foi inusitado. Depois da bandeirada, ele tirou o capacete e a balaclava e fez a volta acenando para o público com o rosto à mostra. Já Vettel celebrou a vitória fazendo o zero na pista. Massa também fez o mesmo em sua corrida final pela escuderia Ferrari. O presidente da FOM, Formula One Management, Bernie Ecclestone, entregou a Webber uma bandeira do Brasil assinada por todos os pilotos da F1 como homenagem a sua despedida da Fórmula 1.
Vettel terminou o ano com 397 pontos (155 a mais do que Alonso, o vice-campeão). Entre os construtores, a Red Bull somou 596 pontos. A Mercedes foi a 2ª colocada com 360 pontos (seis a mais do que a Ferrari).

Fonte: Imprensa GP BrasilCastilho de Andrade:

Nenhum comentário:

VÍDEOS

Loading...