COMPRE AGORA

segunda-feira, janeiro 12, 2015

Fórmula E: Bruno Senna é 5º na Argentina

Em uma corrida que teve quatro líderes e encerrada de forma eletrizante, com acidentes e várias trocas de posições nas duas últimas voltas, o português Antonio Felix da Costa conquistou a quarta etapa da Fórmula E, disputada neste sábado no circuito de rua do Puerto Madero, em Buenos Aires. O E-Prix da Argentina foi a melhor prova da temporada e viu algumas exibições notáveis, como a de Bruno Senna. Mesmo largando em 19º e penúltimo, Bruno soube escapar das confusões e cruzou a linha de chegada em 5º, seu melhor resultado até agora no campeonato mundial de carros elétricos da FIA. O francês Nicolas Prost e o brasileiro Nelsinho Piquet completaram o pódio.

A etapa portenha foi dividida em duas partes distintas. Na primeira, antes da parada obrigatória para troca de carros, o pole Sébastien Buemi parecia a caminho da segunda vitória consecutiva. O panorama começou a mudar pouco antes da metade das 35 voltas, quando a forte batida do indiano Karun Chandhok obrigou a uma entrada do safety car e antecipou os pit stops. Com as alterações na classificação na relargada, os líderes foram aos poucos ficando pelo caminho - Jean Éric Vergne, que perdeu rendimento, Buemi, Lucas di Grassi (bateram na mesma chicane) e, finalmente, o alemão Nick Heidfeld, punido com um drive thru por desrespeito à sinalização na área dos boxes. Num desfecho que levantou as arquibancadas, Félix da Costa herdou a ponta e conseguiu receber a bandeirada com certa tranquilidade sobre Prost.

Bruno foi um dos destaques do dia. Depois de enfrentar problemas com o equilíbrio e a falta de aderência do carro nos treinos livres e do qualifying, ele pôde colocar em prática com êxito o plano de corrida. "A ideia era levar o carro até o fim e ver o que aconteceria. No fim, deu certo", explicou Bruno, que nos instantes derradeiros se envolveu em choque com Vergne ao realizar uma ousada ultrapassagem por fora sobre o francês. O carro, felizmente, resistiu ao impacto na lateral traseira esquerda.

Resultado final (sujeito a verificações técnica e desportiva):

1 - Antonio Felix da Costa (Portugal), Aguri, 35 voltas em 51min12s430
2 - Nicolas Prost (França), E-DAMS, a 5s354
3 - Nelsinho Piquet (Brasil), China Racing, a 8s552
4 - Jaime Alguersuari (Espanha), Virgin, a 11s148
5 - Bruno Senna (Brasil), Mahindra, a 11s535
6 - Jean-Eric Vergne (França), Andretti, a 13s319
7 - Sam Bird (Inglaterra), Virgin, a 13s617
8 - Salvador Duran (México), Aguri, a 14s724
9 - Nick Heidfeld (Alemanha), Venturi, a 15s464
10 - Oriol Servia (Espanha), Dragon, a 19s334
11 - Stéphane Sarrazin (França), Ventruri, a 28s973
12 - Ho Ping Tung (China), China Racing, a 37s858
13 - Marco Andretti (EUA), Andretti, a uma volta
14 - Daniel Abt (Alemanha), Audi Abt, a duas voltas
15 - Jérome D’Ambrosio (Bélgicxa), Dragon, a duas voltas

A nova classificação: 1, Lucas di Grassi, 58 pontos; 2, Sam Bird, 48; 3, Sébastien Buemi, 43; 4, Nicolas Prost, 42; 5, Nelsinho Piquet, 37; 6, Antonio Félix da Costa, 29; 7, Jaime Alguersuari, 26; 8, Jérome D’Ambrosio, 22; 9, Bruno Senna, Karun Chandhok e Franck Montagny, 18.

Fonte: Márcio Fonseca 
MF2 

Nenhum comentário:

VÍDEOS

Loading...