COMPRE AGORA

quarta-feira, dezembro 19, 2012

Ar condicionado ou janelas abertas - Qual consome mais combustível?


Hélio Cardoso, especialista em perícias envolvendo veículos automotores, Diretor do IBAPE/SP e Autor do Livro Veículos Automotores: Identificação, inspeção, Vistoria, avaliação, Perícia e Recall.


Mais do que um acessório ou opcional, atualmente o sistema de ar condicionado é um requisito mínimo necessário em um veículo automotor, principalmente pelo aumento significativo das temperaturas ambientes e pela insegurança que é vivida no trânsito das grandes cidades.

Sabemos que o ar condicionado interfere diretamente no rendimento do veículo e no consumo de combustível, mas até que ponto esta equação é viável?

Em primeiro lugar, devemos comentar que um sistema de ar condicionado em um veículo de baixa cilindrada é realmente causador de muitas reclamações de desempenho e consumo, portanto, é um fator que deve ser considerado já na escolha do veículo, antes da efetiva compra.

Ao adquirir um veículo com pouca potência, tenha em mente que precisará efetuar ultrapassagens, operar em aclives mais acentuados e o liga e desliga do sistema de ar condicionado com o veículo em movimento, poderá gerar falhas no sistema.

Podemos dizer que o ar condicionado quando ligado pode comprometer até 20% da potência do motor de um veículo e para obter rendimento compatível devemos acelerar mais o veículo, o que gera sem dúvida um consumo maior.

Esta realidade está mais dirigida à utilização urbana de um veículo, sendo que em uso rodoviário há outros pontos a analisar. Por exemplo, a condução de um veículo em estrada com as janelas abertas provoca uma resistência ao deslocamento que aumenta o consumo de combustível, além de que o vento e o barulho gerado pela sua movimentação dentro do veículo, provocam desconforto aos usuários.

No uso rodoviário, a necessidade de aceleração é menor, razão pela qual o aumento de consumo devido ao uso do ar condicionado praticamente se equivale àquele provocado pelas janelas abertas, sem o desconforto que este último pode trazer.

Além disso, o ar condicionado é o melhor desembaçador de vidros, sobretudo em dias de chuva, sendo, portanto, um item de segurança.

Convém salientar, ainda, que os sistemas de ar condicionado instalados nos veículos, devem ser utilizados com regularidade, uma vez que a falta de uso provoca deterioração do equipamento e contaminação dos dutos. Portanto, se você comprou um veículo equipado com o sistema é indispensável utilizá-lo pelo menos uma vez por semana.

Estabeleça critérios para realização de manutenções preventivas no sistema, tais como a verificação dos níveis de gás, descontaminação dos dutos e troca dos filtros do sistema. Busque sempre realizar tais serviços em oficinas especializadas que prestem bons serviços.

Ao sentir que a eficiência do ar condicionado já não é a mesma, busque soluções imediatas, pois mesmo sem funcionar corretamente haverá o roubo de potência do motor.

Evite fazer adaptações como a instalação de sistema de ar condicionado em veículo que originalmente não tenha o benefício. Tal adaptação necessita de ajustes e instalações de outros componentes no motor e agregados, que normalmente não são feitas pelo alto custo e irão com certeza trazer problemas futuros. Por isso, o ar condicionado deve ser original de fábrica.

Desfrute do ar condicionado de forma correta e obterá bons resultados, sem desconforto e dores de cabeça. Quanto ao custo adicional no consumo de combustível, será compatível com os benefícios que trará aos usuários.



Fonte:
KB Assessoria em Comunicação
Kelly Boscarioli

Nenhum comentário:

VÍDEOS

Loading...