COMPRE AGORA

domingo, dezembro 09, 2012

STOCK CAR: Cacá Bueno é o pole da Corrida do Milhão Goodyear


Líder da Copa Caixa Stock Car, Cacá Bueno, que precisa de um quarto lugar para se sagrar campeão, larga na frente na briga pelo título e por R$ 1 milhão, o maior prêmio do esporte nacional

São Paulo (SP) - Cacá Bueno deu importante passo rumo ao pentacampeonato da Copa Caixa Stock Car. Na tarde deste sábado, o tetracampeão fez a pole position da quarta edição da Corrida do Milhão Goodyear e larga na frente no encerramento da temporada, neste domingo às 9h35 no Autódromo de Interlagos. Ele marcou 1min42s609, somente 31 centésimos de segundo à frente de Allam Khodair. Cacá lidera o campeonato e precisa de um quarto lugar para garantir mais um título, isso se Átila Abreu vencer e levar para casa R$ 1 milhão, o maior prêmio do esporte nacional. 

``Neste sábado pela manhã simulei voltas de corrida e mexi no carro para não me arriscar a ficar fora do Q2 e foi o suficiente para fazer a pole. Tomara que não tenha sido muito para amanhã (domingo). Corro com o regulamento debaixo do braço não só agora, mas desde o começo do ano. Trabalhei pensando em chegar a Interlagos precisando de um sexto lugar, mas necessito de um quarto. Para isso tenho de trabalhar para ganhar``, disse Cacá Bueno, que marcou sua 28ª pole position na carreira, a terceira na temporada.

Além do tetracampeão, outros seis pilotos largam com chance de chegar ao título de 2012. Ricardo Maurício ficou em quarto, Daniel Serra em quinto, Valdeno Brito em sexto, Átila Abreu, um dos três vice-líderes com 149 pontos - Cacá tem 159 - sai em décimo, Nonô Figueiredo em 17º e Max Wilson em 24º.

Veja as possibilidades de cada um dos sete pilotos na disputa do título.

Cacá Bueno - 36 anos - Se repetir a dose do ano passado será o segundo maior piloto em número de títulos da Stock Car, só atrás de Ingo Hoffmann, 12 vezes vencedor. Ele tem na regularidade, na experiência, no equilíbrio emocional dentro do carro e no fato de já ter sido campeão várias vezes, grandes atributos para a hora da decisão. É o líder, tem 159 pontos e pode chegar a 203. No entanto, para ser penta - já venceu 2006, 2007, 2009 e 2011 - nem precisa ganhar a Corrida do Milhão Goodyear. Basta um quarto lugar, isso se um dos três vice-líderes (Átila Abreu, Daniel Serra e Ricardo Maurício, todos com 149 pontos) vencerem, pois chegariam aos mesmos 193 e Cacá levaria por ter três vitórias na temporada contra possíveis duas de Átila e de Daniel e uma de Ricardinho. 

Átila Abreu - 25 anos - É um dos mais jovens pilotos da Copa Caixa Stock Car e, se conquistar o título, se tornará o mais novo campeão dos 33 anos da principal categoria continental. Até agora, a honra pertence ao bicampeão (2004 e 2005) Giuliano Losacco. Átila tem passagens por categorias internacionais de monopostos como a Fórmula BMW onde foi vice-campeão, perdendo o título para um alemão, na época, desconhecido, Sebastian Vettel, hoje tricampeão da Fórmula 1. Nascido em Sorocaba (SP), é um dos três vice-líderes, tem 149 pontos e pode chegar a 193. Além de vencer a Corrida do Milhão Goodyear, tem de torcer para Cacá Bueno não chegar até a quarta posição. Se ficar em segundo, além do líder, também não podem vencer Daniel Serra e Ricardo Maurício.

Daniel Serra - 28 anos - É o herdeiro do clã Serra. Seu pai, Francisco Adolpho Serra, ou simplesmente Chico Serra, foi tricampeão da Stock Car (1999, 2000 e 2001). Daniel busca seu primeiro título na categoria e conta com a frieza em momentos decisivos como forte aliada. Outro vice-líder, tem 149 pontos e está na mesma situação de Átila Abreu, que também possui uma vitória na temporada. Tem de ganhar sua segunda corrida no ano e torcer contra seu companheiro de equipe, Cacá Bueno, que teria de chegar da quinta colocação para baixo. Em caso de empate em pontos com Cacá, perderia o título pelo maior número de vitórias do tetracampeão - três contra eventuais duas dele. A outra aconteceu em Ribeirão Preto.

Ricardo Maurício - 33 anos - Este é um dos dois pilotos com chances matemáticas de ser campeão que busca seu segundo milhão e segundo título. Ricardinho ganhou a Corrida do Milhão Goodyear em 2010 e foi campeão da Stock Car em 2008. É mais um que está em segundo lugar na classificação geral. Tem 149 pontos e pode atingir os mesmos 193 pontos de Átila e Daniel. Busca sua primeira vitória na temporada e, a exemplo de todos os outros cinco, também torce contra Cacá Bueno. Se vencer pela segunda vez a Corrida do Milhão Goodyear precisará que Cacá fique do quinto lugar para baixo. Em caso de empate (quarto lugar do líder), perderia o título pelo maior número de vitórias de Cacá - 3 a 1 - o primeiro critério de desempate. 

Max Wilson - 40 anos - A regularidade na frente é uma das mais importantes características desse experiente piloto. Ele se sagrou campeão em 2010 somente com dois primeiros lugares no ano. Max conquistou sua primeira vitória na atual temporada justamente na última corrida, em Brasília. Desembarcou na Copa Caixa Stock Car em 2009, depois de vários anos correndo de Turismo na Austrália, e já na temporada seguinte se saiu vitorioso. Tem 138 pontos e pode chegar a um máximo de 182. Para isso, precisa vencer pela primeira vez a Corrida do Milhão Goodyear e torcer para os três vice-líderes terminarem do quinto para trás e para o líder Cacá Bueno ficar, no máximo, em décimo lugar no final da etapa decisiva. 

Valdeno Brito - 38 anos - O paraibano tem no currículo a invejável marca de ter sido o primeiro ganhador da Corrida do Milhão, em 2008. Ele cruzou a linha de chegada na frente e levou US$ 1 milhão depois de ficar em posições intermediárias durante praticamente toda a prova no Rio de Janeiro. No final, venceu pela primeira vez na Copa Caixa Stock Car e ainda levou uma bolada para casa. Várias vezes campeão brasileiro de Vela, esse paraibano tem 137 pontos e pode alcançar o máximo de 181. Para conquistar o inédito título da principal categoria do automobilismo nacional, precisa torcer para Cacá terminar da décima primeira posição em diante e para os segundos colocados cruzarem a linha do sexto para baixo, além de Max Wilson não vencer. 

Nonô Figueiredo é o piloto em atividade com maior número de corridas na categoria. Ele já andou de monopostos nos Estados Unidos e na Europa e foi o primeiro brasileiro a correr na BTCC, o concorrido campeonato de Turismo da Inglaterra. Dos sete com chances, ele é o que está em situação mais complicada em termos matemáticos. Seu limite máximo de pontos é 174, pois é o último da lista, com 130 pontos acumulados. Precisa torcer para Max ser, no máximo, quarto e Valdeno terceiro. A torcida também se estende aos vice-líderes, que teriam de chegar do nono posto para trás. Quanto a Cacá, teria de ser, no máximo, o décimo quarto. Tem a vantagem de ter sido o piloto que fez o maior número de ultrapassagens na temporada.

Tribunal pune Ricardo Zonta e Julio Campos

Ricardo Zonta e Julio Campos foram punidos com a perda de 15 posições no grid de largada da Corrida do Milhão Goodyear. O motivo dos dois foi atitude antidesportiva, respectivamente, na primeira corrida em Curitiba, e na prova do Velopark. A punição só foi cumprida agora devido ao julgamento do Superior Tribunal de Justiça Desportiva da Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA).

Grid da Corrida do Milhão Goodyear - última etapa da Copa Caixa Stock Car

1) Cacá Bueno (Red Bull Racing), 1min42s609, média de 151,36 km/h
2) Allam Khodair (Vogel Motorsport), 1min42s640
3) Popó Bueno (Linea Sucralose), 1min42s717
4) Ricardo Maurício (Eurofarma RC), 1min42s768
5) Daniel Serra (Red Bull Racing), 1min42s823
6) Valdeno Brito (Shell Racing), 1min42s887
7) Rubens Barrichello (Medley Fulltime), 1min43s179
8) Rodrigo Sperafico (Prati-Donaduzzi Racing), 1min43s469
9) Tuka Rocha (BMC Racing), 1min43s652
10) Átila Abreu (Mobil Super Pioneer Racing), 1min42s688
11) Galid Osman (BMC Racing), 1min42s708
12) Ricardo Sperafico (Prati-Donaduzzi Racing), 1min42s731 
13) Denis Navarro (Vogel Motorsport), 1min42s889
14) Vitor Meira (Officer ProGP), 1min42s968
15) Luciano Burti (Itaipava Racing Team), 1min43s060
16) Nonô Figueiredo (Mobil Super Pioneer Racing), 1min43s091 
17) Antonio Pizzonia (Comprafacil/Nascar), 1min43s096
18) Diego Nunes (Hot Car Competições), 1min43s109
19) David Muffato (Itaipava Racing Team), 1min43s118
20) Thiago Camilo (Ipiranga-RC), 1min43s165
21) Ricardo Zonta (Linea Sucralose), 1min42s866 (Punido com a perda de 15 posições)
22) Hélio Castroneves (Shell Racing), 1min43s226
23) Rafa Matos (Bassani Racing), 1min43s257
24) Max Wilson (Eurofarma RC), 1min43s273
25) Xandinho Negrão (Medley Fulltime), 1min43s296
26) Tony Kanaan (Bassani Racing), 1min43s390
27) Lico Kaesemodel (RCM Motorsport), 1min43s535
28) Eduardo Leite (Hot Car Competições), 1min43s553
29) Duda Pamplona (Officer ProGP), 1min43s678
30) Pedro Boesel (Comprafacil Nascar JF), 1min44s119
31) Fábio Fogaça (Carlos Alves Competições), 1min44s196
32) Julio Campos (Carlos Alves Competições), 1min43s206 (Punido com a perda de 15 posições)


Fonte: Vicar

Nenhum comentário:

VÍDEOS

Loading...