COMPRE AGORA

quinta-feira, agosto 01, 2013

Volkswagen Passat celebra 40 anos

 
  • Primeira geração é de julho de 1973
  • Desde o início, modelo estabeleceu novo padrão em sua classe
  • Até hoje foram produzidas mais de 20 milhões de unidades em todo o mundo
  • No Brasil, modelo foi lançado já em 1974 e foi fabricado até 1988
 
Há 40 anos debutava um novo Volkswagen, que, com sua estrutura moderna, deu início a uma nova era para a empresa: o Passat. O modelo foi apresentado em maio de 1973 na Alemanha e começou a ser vendido em julho daquele ano - já em 1974 ele começou a ser fabricado no Brasil. Atualmente o Passat está em sua sétima geração, vendida no País desde 2011.

Desenhado por Giorgetto Giugiaro, o Passat nasceu com carroceria do tipo fastback. Em seguida recebeu a versão station wagon denominada Variant. A variedade de ofertas conquistou os clientes dos automóveis da classe média. O primeiro Passat, baseado no então Audi 80, foi fabricado até 1980. Foram produzidas 2,5 milhões de unidades do modelo, denominado B1.

O sucessor manteve as ofertas de carrocerias fastback e station wagon e foi oferecido até 1987. Nessa geração o Passat estreou novas tecnologias: tração nas quatro rodas, motor turbodiesel (apenas na Europa), motor de cinco cilindros a gasolina e a fórmula E de redução do consumo – um precursor da atual tecnologia BlueMotion. Nessa geração nasceu também sua variante sedã, que recebeu o nome de Santana.

Como carro mundial da década de 1980, o Passat não foi produzido somente em Emden (Alemanha), mas também na Bélgica, na Espanha, no Brasil, no México, na África do Sul e no Japão. Um dos grandes êxitos do carro foi na China: o Santana B2 foi produzido no país asiático até 2012. Atualmente, uma versão longa e modificada continua sendo produzida, o Vista.

Os modelos Passat da terceira (1987 até 1993) e quarta gerações (1993 até 1997) foram produzidos exclusivamente nas carrocerias sedã e station wagon.

O Passat B4, de quarta geração, do qual foram produzidas cerca de 700.000 unidades, recebeu uma carroceria reforçada, mais itens de segurança e um motor diesel ainda mais forte.

A quinta geração (1997 até 2005) estabeleceu um padrão ainda mais elevado. Com carroceria totalmente galvanizada, motores de quatro, cinco, seis e oito cilindros a gasolina, além do avançado TDI, e um nível de qualidade até então conhecido apenas na classe de luxo.

O Passat B6, de 2006 até 2009, e do qual foram produzidas cerca de 1,7 milhão de unidades, foi apresentado com uma variante de carroceria complementar: o CC, um cupê de 4 portas. Nessa geração vieram também tecnologias inovadoras como a transmissão automática DSG de dupla embreagem, novos motores diesel e a gasolina e versões BlueMotion .

A versão atual, de sétima geração, abrange um modelo ainda mais fino e luxuoso, com mais segurança e um sofisticado sistema de assistência para o motorista. O Passat B7, além do CC, apresenta uma versão com tração integral e carroceria mais elevada.


A história do Passat no Brasil

Fabricado em São Bernardo do Campo e em Taubaté, o Passat foi lançado no Brasil em 1974 – o modelo foi o primeiro veículo Volkswagen com motor refrigerado a água. Seu motor quatro-cilindros de 1.500 cm³ gerava potência bruta de 78 cv. Em seu lançamento, o Passat era oferecido apenas com carroceria 2-portas.

Ainda em 1974 foi exibida no IX Salão do Automóvel a versão com 4 portas. Em 1976, o motor teria sua cilindrada aumentada para 1.600 cm³. A potência bruta subia para 96 cv. Em 1979 o modelo recebeu versão abastecida com etanol.

A versão esportiva GTS Pointer foi introduzida em agosto de 1983. Trazia suspensão recalibrada, acabamento diferenciado, rodas de liga-leve e bancos dianteiros Recaro, entre outros itens.

A partir de 1984 a GTS Pointer passou a trazer o mesmo motor 1.8 utilizado também no Santana, que gerava 85 cv de potência líquida na versão a gasolina e 92 cv na a etanol.

O Passat foi fabricado no Brasil até 1988 e teve mais de 675 mil unidades vendidas.

Em 1994, o modelo passou a ser importado da Alemanha para o Brasil. Nessa nova fase, o Passat estreou no País nas versões 2.0 e 2.8 VR6. Em 1998 chegou a 5ª geração, em versões 1.8, 1.8T e V6. Essa geração passaria por modificações estéticas em 2001, ganhando também o motor 2.0l em substituição ao 1.8l.

A 6ª geração do Passat chegou em 2005, estreando o motor 2.0 FSI de 150 cv. No ano seguinte viria a versão 2.0 FSI Turbo, com 200 cv. Em 2007, o modelo receberia o V6 3.2l de 250 cv, combinado à tração integral permanente 4MOTION e ao câmbio automático DSG.

Atual geração do modelo

O modelo atualmente vendido no Brasil é o da 7ª geração, nas versões sedã e station wagon. Comercializado desde 2011, é um dos mais equipados de sua categoria. O modelo traz motor EA888 2.0l TSI de 211 cv, transmissão automática DSG de seis marchas e longa lista de itens de série.

Entre os de segurança, destacam-se: o ACC (Adaptive Cruise Control – controlador de velocidade e distância), o sistema Front Assist, integrado ao ACC, atua como se fosse um “passageiro da frente sempre alerta”, ajudando a evitar colisões frontais, mesmo quando o ACC estiver desligado, o sistema de frenagem urbana de emergência e os faróis bi-xenônio. Além de seis air bags e freios ABS com EBD.

Fonte: Volkswagen

Nenhum comentário:

VÍDEOS

Loading...