COMPRE AGORA

terça-feira, julho 23, 2013

O primeiro motor MultiAir Flexível chega na linha 2014 do Fiat 500


A Fiat acaba de trazer uma novidade para o seu ícone mundial: a linha 2014 do Fiat 500 chega ao mercado brasileiro com o primeiro motor MultiAir Flex em agosto, quando serão divulgados os preços das versões. Este propulsor reconhecido e premiado mundialmente ganha agora a tecnologia flexível para, além de satisfazer o desejo do consumidor, também confirmar a preocupação da marca com o meio ambiente – a Fiat registrou pelo sexto ano consecutivo o menor nível de emissões de CO2 na Europa entre as marcas de automóveis mais vendidas, certificado pela empresa Jato Dynamics. 

O novo motor MultiAir Flexível

O grande destaque da nova gama 2014 do Fiat 500 é o novo motor MultiAir 1.4 16V Flex que agora equipa as versões Sport Air e Cabrio Air do modelo. Este novo motor foi desenvolvido e calibrado pela equipe de Engenharia Powertrain da Fiat em Betim (MG). O propulsor, agora capaz de queimar também etanol, alia o prazer de dirigir, incremento de desempenho e economia de combustível da tecnologia MultiAir, à flexibilidade de um motor bicombustível. O grande desafio para o desenvolvimento deste motor bicombustível foi o aumento da taxa de compressão (que cresceu em 8%) e a nova abordagem em relação à admissão do ar, controlada eletronicamente através das válvulas de admissão, uma tecnologia diferenciada do MultiAir. 

Este novo propulsor é resultado de quase 15 mil horas de desenvolvimento, envolvendo mais de 10 mil horas de testes de confiabilidade em dinamômetro, e cerca de 1 milhão de quilômetros rodados em provas de durabilidade, confiabilidade e aplicação. O projeto utilizou mais de 30 motores protótipos para testes em dinamômetros no Centro de Engenharia da Fiat, em Betim (MG). Técnicas computacionais de softwares de calibração e, principalmente de análise de combustão (a característica de queima do etanol é diferente da combustão da gasolina) permitiram uma perfeita calibração de injetores e curva de ignição, para qualquer relação de combustível entre E-20 (gasolina brasileira) até E-100 (etanol puro). 

Com a taxa de compressão mais alta (11,7:1) para otimizar também a queima do etanol, foram necessárias mudanças em alguns componentes. O novo MultiAir 1.4 16V Flex possui modernos pistões de baixo atrito e, para suportar o uso de etanol, ele traz ainda novas bronzinas e junta do cabeçote, ambas de origem no motor T-Jet. A nova junta de cabeçote é metálica e com multicamadas, que garante a vedação em altas pressões de combustão. 

Outra alteração do motor MultiAir Flex foi a adoção do coletor de aspiração com quinto bico injetor para partidas a frio mais eficientes. A pulverização de combustível efetuada ganha em eficiência, pois este injetor de gasolina também é controlado eletronicamente. Se comparado aos sistemas tradicionais, principalmente na dosagem de gasolina na partida, este quinto injetor do MultiAir Flex garante ainda enormes benefícios na dirigibilidade a frio e menor emissão de poluentes. E, em função do uso do novo coletor, novos chicotes de motor também foram empregados no propulsor.

Outros componentes que são novos em relação ao motor MultiAir gasolina são as velas e os injetores. As velas do propulsor flex possuem características para a nova condição de temperatura a fim de funcionar também com etanol, além de tratamento superficial da rosca da vela para melhor proteção contra corrosão. Enquanto os novos injetores da família EV6P, já validados para outros motores flex, são de maior vazão, característica exigida na queima do etanol. Com as alterações para se tornar flex, o Fiat 500 SportAir chega aos 105 cv de potência e torque máximo de 13,6kgfm com gasolina e 107 cv com torque de 13,8kgfm quando alimentado com 100% de etanol. 


Tecnologia MultiAir. Ela chegou ao mercado brasileiro com o Fiat 500, a partir de 2011. O MultiAir é um sistema eletro-hidráulico de acionamento das válvulas, que permite um controle dinâmico e direto do ar admitido pelo motor, controlando também indiretamente a combustão, cilindro a cilindro e ciclo a ciclo. Tudo gerenciado eletronicamente. Graças ao controle da quantidade de ar admitida nos cilindros, o MultiAir oferece como principais benefícios a redução de emissões e de consumo de combustível, aumento de potência máxima e torque, além de melhor  resposta dinâmica e prazer em dirigir. Na maioria do motores, a massa de ar admitida nos cilindros é controlada principalmente pela abertura da válvula tipo borboleta do acelerador e também pela abertura total e constante das válvulas de admissão. No MultiAir, a admissão do ar é muito mais precisa, controlada eletronicamente através das válvulas de admissão. Desde seu lançamento na Europa, a tecnologia MultiAir vem sendo contemplada internacionalmente com diversos prêmios. 


Este novo motor Flex do Fiat 500 pode receber câmbio manual de 5 marchas ou automático sequencial de 6 marchas do fabricante AISIN.

O câmbio automático sequencial de 6 marchas traz novos ajustes na linha 2014, oferecendo o máximo de conforto e prazer ao dirigir com menos consumo de combustível. Veja abaixo as funções que foram otimizadas:
•    Kick-Down: reduz rapidamente as marchas em caso de retomada;
•     Brake Assistant: reduz automaticamente as marchas em freadas bruscas;
•    Sensor Up-Down Slope: para adaptação das marchas do veículo à inclinação;
•    Função Cornering: inibe o avanço das marchas em curvas de baixa aderência;
•    Função Fast-Off: impede a “subida” de marcha quando o condutor tira o pé rapidamente do acelerador.

A nova gama 2014 do Fiat 500

Na linha 2014, o novo Fiat 500 está disponível em cinco versões. São duas motorizações e três tipos de câmbio, em três níveis de acabamento. Conheça-as:

Cult e Cult Dualogic    Motor  1.4 EVO Flex 
Potência    85 cv / 5.750 rpm (gas.)
                88 cv / 5.750 rpm (etanol) 
Torque    12,4 kgfm / 3.500 rpm (gas.)
              12,5 kgfm a 3.500 rpm (etanol)

Sport Air , Sport Air Automático e Cabrio Air
Automático
Motor   MultiAir 1.4 16V Flex

Potência  105 cv / 6.250 rpm (gas.)  
              107 cv / 6.250 rpm (etanol)
Torque   13,6 kgfm / 3.850 rpm (gas.)
             13,8 kgfm / 3.850 rpm (etanol)


Fonte: Fiat

Nenhum comentário:

VÍDEOS

Loading...